Dos pequenos detalhes nasce a esperança

IMG10504[1] IMG10505[1]

Imagens: RIBEIRO, Bruno A. Arquivo pessoal.
Imagens: RIBEIRO, Bruno A. Arquivo pessoal.

As fotos acima referem-se à pintura das grades de proteção das janelas do Bloco D do campus.

Apesar de aparentemente simples, a atitude não deve ser deixada de lado; afinal, tudo o que for positivo e em prol de melhorias deve ser bem vistos por toda a comunidade acadêmica.

E como diz a canção: “Um pouco de luz nessa vida (…)”

Dos pequenos detalhes nasce a esperança

Em meio à bagunça, eis que surge uma lâmpada! Ou melhor, uma cisterna!

Com a massificação das redes sociais e a popularização da imagem do “eu”, cheia de “selfies”, de exposição de modos e estilos de vida pautados no bem-estar fica quase impossível encontrar ideias e opiniões que mereçam apreciação e avaliação.
Entretanto, isso não significa que elas não existam. É o caso, por exemplo do Movimento Cisterna Já. Um movimento dito independente, formado e difundido em meio à crise da água que assola a região metropolitana de São Paulo.
Pra se ter uma ideia do quanto e do quão inovador é o Cisterna Já; o grupo de cidadãos conscientes e preocupados com a atual situação da capital paulista resolveu incentivar a captação da água das chuvas. Água que pode ser usada para regar plantas, lavar louças, descarga sanitária; ou seja, usos não potáveis. Usos estes que chegam a 50% dos gastos hídricos em uma residência.
Imagina só a economia de água que tal criatividade pode oferecer!

Modelo de montagem de uma cisterna básica. Forma criativa e fácil de economizar e aproveitar água.
Modelo de montagem de uma cisterna básica. Forma criativa e fácil de economizar e aproveitar água.

ModeloCisterna Já

Em meio à bagunça, eis que surge uma lâmpada! Ou melhor, uma cisterna!